quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Processo de "destruição criativa” [Schumpeter, 1942]

Destruição do velho, como conseqüência do surgimento do novo:
- “... que revoluciona a estrutura econômica a partir de dentro, destruindo incessantemente o antigo e criando elementos novos...”
- “... (processo)básico para se entender o capitalismo. É dele que se constitui o capitalismo e a ele deve se adaptar toda a empresa capitalista para sobreviver”
- “... (das empresas) esforço para enfrentar uma situação que tudo indica que mudará, ou seja, como uma tentativa dessas empresas de firmar-se em um terreno que lhe foge sob os pés”.

Que terreno lhe foge a seus pés atualmente?

Um comentário:

Anônimo disse...

Schumpeter NÃO, não aguento mais....